22.5.17

Lado a lado


Sim, é lado a lado que pode observar-se o contraste entre a loja que se esforça por vender conforto e a realidade exposta duas portas adiante, na rua de Júlio Dinis. Esta artéria, que foi próspera até um passado recente e hoje está quase sem moradores e com várias lojas devolutas, é um espelho do que se passa na zona da Boavista e um pouco por toda a cidade. A população continua a abandonar o Porto por não ter meios para fazer frente à sempre crescente especulação imobiliária, e alguns dos que ficam arrastam-se pelas ruas sem condições de subsistência. Basta estar atento para observar que, apesar da propaganda oficial, não há European Best Destination, ou melhor, não há circo que esconda a falta de pão.



3 comentários:

  1. Olá amigo Carlos Romão, privilégio imenso.
    Satisfação imensa em estar visitando teu blogue e triste em ver esta cena que se estabelece em quase todo o mundo, com raríssimas exceções. Aqui no Brasil vamos encontrar dezenas de milhares morando pelas ruas, sendo que a esmagadora maioria e composta de usuários de crack, principalmente na maior cidade do país, São Paulo. Fenômeno presente em muitas cidades da mais rica nação do mundo os EUA. Há quatro anos, quando estive em Bueno Aires presenciei centenas de pessoas, famílias inteiras no Bairro Boêmio de La Boca, cartão postal dos portenhos, morando pelas ruas e avenidas, muitos dos quais tinham casa mobiliada que as alugavam para com essa renda poderem se alimentar. Com a subida ao poder de Macri a situação piorou e segundo informações de primos de minha mulher que são argentinos hoje mais de 20% da população está nesta deplorável situação. Morando como bichos pelas calles. É um problema que atinge milhões de seres humanos, despossuídos, marginalizados e ignorados. Enquanto isto a pobre Cuba exorta que no mundo milhões de crianças dormem pelas ruas, mas nenhuma é cubana. Dizer o quê? Enquanto isso muitos acumulam fortunas incalculáveis, mas para esses não lhes toca o coração. É o capitalismo.
    Desejo ao amigo muita saúde e paz e que tenhas uma excelente semana.
    Fraterno abraço.

    ResponderEliminar

Etiquetas

A Brasileira Avenida da Ponte Avenida de Vímara Peres Bairro do Aleixo Calçada da Corticeira Câmara Municipal do Porto Carregal Cinema Águia d'Ouro Clérigos Cordoaria Edifício Imperial Fontainhas Fontes do Porto Fontinha Grafismos Guindais Horrores urbanos à moda do Porto Jardim Botânico Largo do Moinho de Vento Largo do Terreiro Largo dos Lóios Livrarias Mamarrachos Mercado do Bom Sucesso Miragaia Monumento a António Nobre O chão surrado O Porto a oriente O Porto não é a Disneylândia O Rapto de Ganimedes Outros temas Pena Ventosa Polícia de Segurança Pública Ponte Maria Pia Porto Património Mundial Praça da Batalha Praça da Liberdade Praça da República Praça da Ribeira Praça de Almeida Garrett Praça de Carlos Alberto Praça de Gomes Teixeira Praça de Lisboa Praça do Infante Praça dos Poveiros Rua Barão de Nova Sintra Rua da Bainharia Rua da Madeira Rua da Ponte Nova Rua da Reboleira Rua das Flores Rua das Taipas Rua de 31 de Janeiro Rua de Álvares Cabral Rua de Ceuta Rua de Cimo de Vila Rua de Fernandes Tomás Rua de Gonçalo Cristóvão Rua de Júlio Dinis Rua de Miguel Bombarda Rua de Mouzinho da Silveira Rua de Passos Manuel Rua de S. Bento da Vitória Rua de S. João Novo Rua de S. Miguel Rua de Sá da Bandeira Rua de Sá Noronha Rua de Sampaio Bruno Rua de Santa Catarina Rua de Trás Rua de Trindade Coelho Rua do Almada Rua do Bonjardim Rua do Cativo Rua do Infante D. Henrique Rua dos Caldeireiros Rua dos Mercadores Rua dos Pelames Sem Abrigo Terreiro da Sé Travessa da Rua Chã V.N.Gaia Viela do Anjo Viela do Buraco Virtudes Vitória

Não deixe de visitar

Acerca de mim

A minha foto
Uma vida ao serviço da comunicação empresarial, como fotógrafo, videógrafo, designer gráfico e redactor publicitário.

Seguidores