23.5.06

Em Álvares Cabral



Imagine uma quinta com uma frente equivalente ao lado Sul da Praça da República e a profundidade que vai desta praça à Rua de Cedofeita. Que a essa quinta tinha sido retirada uma parcela do lado Norte, equivalente à Rua da Boavista. Agora, pense que o proprietário daquele espaço resolveu demolir a casa senhorial que lá tinha e abrir, a expensas próprias, uma rua ampla de um a outro extremo da quinta, lotear o espaço envolvente e vendê-lo para construção de habitações familiares. A isto chamar-se-ia ou não, hoje, uma grande operação imobiliária? Pois esta é história da origem da Rua Álvares Cabral e passou-se no final do século XIX.
Hoje, com a perversão do conceito de cidade, teria, seguramente, dado origem a um condomínio fechado.
É uma parte dessas habitações, com belíssimas fachadas de granito lavrado e varandas de ferro forjado, a par de outras construídas no início do século XX, que as imagens documentam.


























12 comentários:

  1. Tantas vezes subida a Álvares Cabral, no 82 ou 84, para Gaia... E vários anos no Instituto Francês, ali na esquina...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo25.5.06

    Saberá certamente que foi nesse impressionante espaço que casou Eça de Queiroz precisamente com a filha do Conde de Resende, proprietário dessa realmente gigantesca quinta, hoje no coração do Porto.
    Guilherme

    ResponderEliminar
  3. Mais um post brilhante... nunca imaginei que a rua poderia ter tido esta origem. Abraço!

    ResponderEliminar
  4. Parabéns pelo blog!:)

    ResponderEliminar
  5. A rua do "Bacalhau" e da "Tecla".
    Ainda existe o "Bacalhau"?????
    Muita asma tive a subir essa artéria por causa dos carros, que fumegavam imenso a andar a conta-gotas, enquanto esperavam pelo sinal verde na Praça da República.
    É com muita tristeza que vejo estas fotos.
    Tem de haver alguém que revitalize a nossa Cidade.

    ResponderEliminar
  6. NUno catarino29.5.06

    è nesta cidade que vivemos... a cidade dos contrastes do belo arruinado, e do horrivel novo.

    è o cinzentismo do porto, o tapar dos olhos ao nosso rico patrimonio, a incuria e a indiferença.

    salvem-nos os erasmus, essas criaturas humanas capazes de redescobrir o brilho das reliquias.

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito. Passo por estes sítios quase todos os dias e só agora os vi... com olhos de ver!

    ResponderEliminar
  8. É sempre bom ver a cidade com outros olhos e saber um bocadinho da sua história. Como sempre belas imagens.

    ResponderEliminar
  9. o Bacalhau (da boa música) morreu há talvez 15 anos. teve vida curta, infelizmente.

    ResponderEliminar
  10. Belas fotos. Não conhecia o blog e adorei. parabéns.

    ResponderEliminar
  11. As fotos são do melhor, mas a sensação é dolorida, indescritivelmente doída. Parabéns pela sensibilidade.

    ResponderEliminar

Etiquetas

A Brasileira Avenida da Ponte Avenida de Vímara Peres Bairro do Aleixo Calçada da Corticeira Câmara Municipal do Porto Carregal Cinema Águia d'Ouro Clérigos Cordoaria Edifício Imperial Fontainhas Fontes do Porto Fontinha Grafismos Guindais Horrores urbanos à moda do Porto Jardim Botânico Largo do Moinho de Vento Largo do Terreiro Largo dos Lóios Livrarias Mamarrachos Mercado do Bom Sucesso Miragaia Monumento a António Nobre O chão surrado O Porto a oriente O Porto não é a Disneylândia O Rapto de Ganimedes Outros temas Pena Ventosa Polícia de Segurança Pública Ponte Maria Pia Porto Património Mundial Praça da Batalha Praça da Liberdade Praça da República Praça da Ribeira Praça de Almeida Garrett Praça de Carlos Alberto Praça de Gomes Teixeira Praça de Lisboa Praça do Infante Praça dos Poveiros Rua Barão de Nova Sintra Rua da Bainharia Rua da Madeira Rua da Ponte Nova Rua da Reboleira Rua das Flores Rua das Taipas Rua de 31 de Janeiro Rua de Álvares Cabral Rua de Ceuta Rua de Cimo de Vila Rua de Fernandes Tomás Rua de Gonçalo Cristóvão Rua de Júlio Dinis Rua de Miguel Bombarda Rua de Mouzinho da Silveira Rua de Passos Manuel Rua de S. Bento da Vitória Rua de S. João Novo Rua de S. Miguel Rua de Sá da Bandeira Rua de Sá Noronha Rua de Sampaio Bruno Rua de Santa Catarina Rua de Trás Rua de Trindade Coelho Rua do Almada Rua do Bonjardim Rua do Cativo Rua do Infante D. Henrique Rua dos Caldeireiros Rua dos Mercadores Rua dos Pelames Sem Abrigo Terreiro da Sé Travessa da Rua Chã V.N.Gaia Viela do Anjo Viela do Buraco Virtudes Vitória

Não deixe de visitar

Acerca de mim

A minha foto
Uma vida ao serviço da comunicação empresarial, como videógrafo, fotógrafo, designer e copywrighter.

Seguidores