16.11.06

Praça da República


12 comentários:

  1. Ainda se admiram que a cidade esteja a ficar deserta, casas abandonadas e mal estimadas s+o por causa de umas quantas disputas ou simples ganância. Agora é que o Rui Rio poderia usar a sua furia para meter este sproprietários na linha, e reavivar a cidade.

    ResponderEliminar
  2. Bela foto e permito-me assinar por baixo o comment de luigi mario.

    Nada se fez no passado e também não vejo a actual liderança política da cidade criar efectivas condições para que a baixa seja habitada por mais gente. Isto sim, é grave, esta inércia, e não a suspensão de prebendas pecuniárias com fim incerto...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo19.11.06

    Um acrescimo:

    Nem na actual, nem na futura se prevê condições...

    ResponderEliminar
  4. adorei!!! e a sabedoria popular não se engana

    ResponderEliminar
  5. Não conhecia bem o Porto e decidi, com mais quatro primas,passar lá dois dias para saborear a cidade.
    O tempo não foi muito mas deu para admirar uma cidade de uma beleza comovente, com uma enorme riqueza em monumentos, com jardins e parques fabulosos e com demasiados edifícios em ruínas ou decadentes.
    Uma pena!

    ResponderEliminar
  6. Bic Laranja23.11.06

    Tanta casa, não é...?

    ResponderEliminar
  7. Guilherme28.11.06

    A Praça da República durante o dia é abrigo dos que não o têm ou simplesmente de alcoólicos e toxicodependentes. Basta passar por lá há hora do almoço de um dia sem chuva. A miséria do Porto que só não vê quem fecha os olhos.

    ResponderEliminar
  8. Chat com audio, video e muito mais....

    ResponderEliminar
  9. tanta casa sem gente...tanta gente sem casa

    Estou a ficar fã deste cantinho

    BF

    ResponderEliminar
  10. Bela foto, como já nos habituamos ;-)
    Mas queria chamar a atenção para que é profundamente errado escreverem nas paredes alheias!
    Por exemplo no meu prédio, pintadinho de fresco e que uns espertinhos acharam bem cobrir de graffiti e de ditos em francês, ainda por cima com erros ortográficos.
    É indecente, é invasão da propriedade alheia, pintam a cidade inteira, sujam-na mesmo e ninguem faz nada.
    Por essas e por outras, apelo à sociedade em geral que não bata palmas a quem pinta as casas dos outros.

    ResponderEliminar

Etiquetas

A Brasileira Avenida da Ponte Avenida de Vímara Peres Bairro do Aleixo Calçada da Corticeira Câmara Municipal do Porto Carregal Cinema Águia d'Ouro Clérigos Cordoaria Edifício Imperial Fontainhas Fontes do Porto Fontinha Grafismos Guindais Horrores urbanos à moda do Porto Jardim Botânico Largo do Moinho de Vento Largo do Terreiro Largo dos Lóios Livrarias Mamarrachos Mercado do Bom Sucesso Miragaia Monumento a António Nobre O chão surrado O Porto a oriente O Porto não é a Disneylândia O Rapto de Ganimedes Outros temas Pena Ventosa Polícia de Segurança Pública Ponte Maria Pia Porto Património Mundial Praça da Batalha Praça da Liberdade Praça da República Praça da Ribeira Praça de Almeida Garrett Praça de Carlos Alberto Praça de Gomes Teixeira Praça de Lisboa Praça do Infante Praça dos Poveiros Rua Barão de Nova Sintra Rua da Bainharia Rua da Madeira Rua da Ponte Nova Rua da Reboleira Rua das Flores Rua das Taipas Rua de 31 de Janeiro Rua de Álvares Cabral Rua de Ceuta Rua de Cimo de Vila Rua de Fernandes Tomás Rua de Gonçalo Cristóvão Rua de Miguel Bombarda Rua de Mouzinho da Silveira Rua de Passos Manuel Rua de S. Bento da Vitória Rua de S. João Novo Rua de S. Miguel Rua de Sá da Bandeira Rua de Sá Noronha Rua de Sampaio Bruno Rua de Santa Catarina Rua de Trás Rua de Trindade Coelho Rua do Almada Rua do Bonjardim Rua do Cativo Rua do Infante D. Henrique Rua dos Caldeireiros Rua dos Mercadores Rua dos Pelames Sem Abrigo Terreiro da Sé Travessa da Rua Chã V.N.Gaia Viela do Anjo Viela do Buraco Virtudes Vitória

Não deixe de visitar

Acerca de mim

A minha foto
Uma vida ao serviço da comunicação empresarial, como videógrafo, fotógrafo, designer e copywrighter.

Seguidores