3.12.06

Obras filhas e enteadas

Com o regresso das iluminações de Natal é agora mais notório, à noite, o estado de abandono da Cordoaria.





Em frente à Cadeia da Relação, dos 18 projectores instalados para iluminação do local apenas dois estão ligados, criando um ambiente hostil, de sombras, que os menos afoitos evitam atravessar.



Quanto ao Jardim da Cordoaria, como se não bastasse o infeliz projecto de Camilo Cortesão e Mercês Vieira, está, como é sabido, votado ao abandono há cinco anos.

Como me dizia alguém, uma situação destas seria impensável nos municípios de Gaia e de Matosinhos, preocupados que estão em bem tratar os seus espaços monumentais

Os dois locais, que em tudo contradizem o slogan da SRU, Bem-vindo à Baixa, retratam a desequilibrada administração da Câmara do Porto, para quem há obras filhas – a Praça de Carlos Alberto e os Aliados – e outras enteadas – todas as que foram promovidas pela Sociedade Porto 2001.

10 comentários:

  1. Observador4.12.06

    Parabéns pela excelência das imagens - coisa a que desde sempre nos habituou. Em relação ao comentário "uma situação destas seria impensável nos municípios de Gaia e de Matosinhos, preocupados que estão em bem tratar os seus espaços monumentais" devo dizer-lhe que nem sempre aquilo que parece é. Refiro-me ao tratamento que o manda-chuva da Câmara de Matosinhos pretende dar à municipal Quinta da Conceição, em Leça da Palmeira. Ver em http://www.leca-palmeira.com. Ele há tantos rios por aí...

    ResponderEliminar
  2. Belas fotos, como sempre.

    ResponderEliminar
  3. E é pena!
    Apesar de tudo o Porto tem outro Rio, o verdadeiro, o Douro!

    ResponderEliminar
  4. Diz o povo que "só se enfeita por onde passa a procissão".
    Infelizmente...

    ResponderEliminar
  5. cheguei aqui abrindo janelas e janelas...até que vejo a cidade!:)

    parabéns pelas fotos e pelo bom gosto!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  6. Observador,
    tem toda a razão. A minha afirmação foi irreflectida. Mea culpa.
    De qualquer modo, acredito que se existisse um espaço como a Cordoaria em Matosinhos ou em Gaia, não estaria vandalizado e às escuras. Isto só acontece no Porto.

    ResponderEliminar
  7. Um dia o Rio desaguará definitivamente algures e então talvez a cidade possa ter quem a governe. De facto!

    ResponderEliminar
  8. A última foto, em contra luz, tá linda. Também há beleza no caos, ou talvez, há mais oportunidades de construir "un regard" subjetivo sobre o caos do que sobre a ordem. Só lamento pela cidade, mas ela encontrou um valioso defensor. É por aí que se começam as acções.

    Acho, porém, que nunca tive o prazer de ver essa parte da cidade com outros olhos, sempre me pareceu um tanto sinistra, de noite como de dia.

    ResponderEliminar
  9. é porque é... os jardins de matosinhos têm cá uma iluminação... ai ai estes "iluminados" olha chamem o Nuno Cardoso e vamos de razoável para péssimo.

    ResponderEliminar
  10. candida26.3.07

    concordo contigo. adoro o Porto mas tenho de reconhecer que não está muito bonito.

    ResponderEliminar

Etiquetas

A Brasileira Avenida da Ponte Avenida de Vímara Peres Bairro do Aleixo Calçada da Corticeira Câmara Municipal do Porto Carregal Cinema Águia d'Ouro Clérigos Cordoaria Edifício Imperial Fontainhas Fontes do Porto Fontinha Grafismos Guindais Horrores urbanos à moda do Porto Jardim Botânico Largo do Moinho de Vento Largo do Terreiro Largo dos Lóios Livrarias Mamarrachos Mercado do Bom Sucesso Miragaia Monumento a António Nobre O chão surrado O Porto a oriente O Porto não é a Disneylândia O Rapto de Ganimedes Outros temas Pena Ventosa Polícia de Segurança Pública Ponte Maria Pia Porto Património Mundial Praça da Batalha Praça da Liberdade Praça da República Praça da Ribeira Praça de Almeida Garrett Praça de Carlos Alberto Praça de Gomes Teixeira Praça de Lisboa Praça do Infante Praça dos Poveiros Rua Barão de Nova Sintra Rua da Bainharia Rua da Madeira Rua da Ponte Nova Rua da Reboleira Rua das Flores Rua das Taipas Rua de 31 de Janeiro Rua de Álvares Cabral Rua de Ceuta Rua de Cimo de Vila Rua de Fernandes Tomás Rua de Gonçalo Cristóvão Rua de Júlio Dinis Rua de Miguel Bombarda Rua de Mouzinho da Silveira Rua de Passos Manuel Rua de S. Bento da Vitória Rua de S. João Novo Rua de S. Miguel Rua de Sá da Bandeira Rua de Sá Noronha Rua de Sampaio Bruno Rua de Santa Catarina Rua de Trás Rua de Trindade Coelho Rua do Almada Rua do Bonjardim Rua do Cativo Rua do Infante D. Henrique Rua dos Caldeireiros Rua dos Mercadores Rua dos Pelames Sem Abrigo Terreiro da Sé Travessa da Rua Chã V.N.Gaia Viela do Anjo Viela do Buraco Virtudes Vitória

Não deixe de visitar

Acerca de mim

A minha foto
Uma vida ao serviço da comunicação empresarial, como videógrafo, fotógrafo, designer e copywrighter.

Seguidores